Domingo, 6 de Janeiro de 2008
Todos os anos decorre em Lisboa a Bolsa de Turismo, que em 2008 comemora 20 anos de existência.

O local é ideal para quem gosta de viajar dentro e fora de Portugal, ali poderão ver variadíssimas opções para programar as férias com antecedência.

A Feira realiza-se entre os dias 16 e 20 de Janeiro, na FIL no Parque das Nações e terá presentes 970 expositores. Divididos por 4 Pavilhões estes representarão o Turismo Nacional, o Turismo Internacional e os Sabores de Portugal.

Vale a pena visitar!!

Um evento que tento nunca perder.


publicado por JoanaTorrado às 16:07
link do post | comentar | ver comentários (6) | partilhar

Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007
De Lisboa a Santiago de Compostela são 600 Km , um esticão que vale a pena. Como também em Portugal há bonitas cidades as paragens, durante a viagem, foram sendo por localidades do Norte. Primeiro por Aveiro, seguindo por Ponte de Lima e terminando em Viana do Castelo. Todas estas agradáveis para passear. Confesso que Aveiro já tenho vindo a conhecer bem, não fossem as minhas incursões habituais por lá (dará um post um dia destes). Mais desconhecidas eram as outras duas cidades, que seguramente me motivaram a voltar!

Ponte de Lima:

    

Viana do Castelo está simplesmente uma cidade bonita. Aqui é importante não esquecer de dar um passeio pelo centro da cidade para apreciar a arquitectura dos edifícios , percorrer as ruas cheias de lojas e passar uns minutos numa esplanada a admirar a paisagem e a comer "manjericos" (doce regional). Como recordação típica temos os famosos bordados de Viana.

Viana do Castelo:

    

De Viana até Santiago são mais umas duas horitas e acelerando ainda neste dia dá para ir lá dormir.

Os dias seguintes em Santiago ficam para o próximo post.




publicado por JoanaTorrado às 21:00
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 6 de Novembro de 2007
Quando pensei escrever este post estava indecisa quanto ao título. Colocar os meus títulos habituais só com o destino do post ou reforçar que se diz que sou DE Pombal e não DO Pombal?

É verdade sou mesmo de Pombal e tenho este trauma, quando vim para Lisboa a maioria das pessoas referia que eu era do Pombal ou quando chegava ao fim-de-semana que ia para o Pombal. Ficava furiosa! Ainda hoje quando alguém se descai com uma destas ouve logo a minha correcção :) .

Mas isto tudo para vos dizer que vou escrever sobre Pombal e não será tarefa fácil.

E onde é Pombal? Pergunta frequente que ainda me espanta, "Ah, é ali entre Leiria e Coimbra". De facto é mesmo, mas não só isso, é uma cidade do distrito de Leiria, agradável para viver e com muito boa gente!!

Um dos locais de interesse na cidade é a Praça Marquês de Pombal, aqui situa-se a Igreja Matriz, a cadeia velha, a casa onde passou o Marquês de Pombal os seus últimos anos de vida e o Celeiro onde está actualmente um museu interessante para visitar.
Para além disso pode-se visitar o Castelo, monumento mais antigo da cidade. No jardim municipal podem tirar uma fotografia junto do busto do Marquês de Pombal.
Estes locais são os principais, mas se quiserem fazer uma visita mais exaustiva podem consultar o site da Câmara Municipal, que aliás é muito bom, ali têm toda a informação sobre a cidade

A minha terrinha goza de uma óptima localização, para além de estar na Região Centro está pertinho do Mar. O concelho de Pombal até tem praia , o Osso da Baleia.

Onde ficar em Pombal? Na cidade apenas há um Hotel, que aconselho para o alojamento durante a estadia aqui, Hotel Pombalense (perto da estação de comboio e do centro da cidade). Para além disso há umas quantas residenciais e pensões, como a Residencial Senhora de Belém, Terrabela e Residencial do Cardal, são as que me ocorrem de  repente.

Locais para tomar um cafezinho, aconselho o Café Concerto, um bom sítio para passar umas horitas na conversa com o amigos e tem a vantagem de ter uma agenda cultural interessante. Durante o Verão a esplanada junto à biblioteca é também aconselhável. Para a noite os locais habituais são o Buda Bar e o Scó Bar.
Apesar de não ser mesmo em Pombal, a discoteca mais frequentada pelos Pombalenses (quando não vão para fora do concelho) é a famosa e conhecida mundialmente , Palace Kiay .

Como devem imaginar teria muito mais para contar, mas o post já vai grandito , mesmo assim não sei se lêem todo quanto mais se me puser para aqui a divagar...

Para quem frequenta este espaço já deve ter sentido falta das fotos, pois é, incrivelmente tenho poucas fotos da cidade de Pombal. O que encontrei nos meus arquivos foi apenas fotos minhas, de amigos e família. Pode ser que um fim-de-semana destes decida andar pela cidade a tirar fotos, enquanto isso podem ver aqui algumas.

Curiosidades : o feriado municipal é dia 11 de Novembro, dia de São Martinho. As tasquinhas são em Outubro e no último fim-de-semana de Julho são as festas do Bodo.

Passem por lá!!


publicado por JoanaTorrado às 22:40
link do post | comentar | ver comentários (5) | partilhar

Quinta-feira, 28 de Junho de 2007
Cinco dias são suficientes para conhecer a Ilha da Madeira e dar um pulinho até Porto Santo. Para que tudo corra muito bem são necessários alguns "ingredientes": boa disposição, uma boa companhia, um carrinho alugado e claro, um hotel confortável para descansar :)
No primeiro dia partimos à descoberta da zona Oeste. Saindo do Funchal fomos conhecer a Câmara de Lobos e a Ribeira Brava. Esta última cidade que "cabe" numa fotografia vê-se rapidamente. Logo pudemos seguir caminho até São Vicente, no norte da Ilha, daqui passamos por Porto Moniz, para ver as piscinas naturais, voltámos para Sul até à Calheta, onde existe a única praia de areia branca da Madeira.
Ainda são alguns kilómetros a percorrer, mas facilmente se visita tudo isto num único dia, sempre com algum cuidado! Apesar de já haver estradas muito boas, há ainda zonas onde é necessário passar pelas estradas antigas.

Nada melhor que imagens para descrever a beleza da Ilha.

    Aeroporto do Funchal          O relevo incerto é constante
 

  Porto Moniz - piscinas naturais          Sigam o mar...                ... e chegam ao Funchal   
      
           
O segundo dia foi reservado para explorar toda a zona Este. Nesta zona são várias as localidades a não perder!
Sempre a ver a costa chegamos a Santa Cruz, onde se encontra o Aeroporto, seguimos para Machico e finalmente para uma das mais bonitas zonas da Ilha (na minha opinião, claro), o Caniçal e a Ponta de São Lourenço. Aqui pudemos desfrutar de uma vista fantástica.
Por entre estradas, túneis e solavancos fomos a Santana, é aqui que estão as casas típicas da Madeira, que neste momento são mesmo apenas pequenas amostras, uma vez que são poucas para além das três que existem para turista ver. No entanto vale sempre a pena visitar , a cidade é agradável e a fotografia para turista é indispensável .
Uns kilómetros mais e fomos até à Ponta de São Vicente e daí passámos pelo interior da Ilha e terminou mais um dia no Funchal.

Funchal pela manhã                Baía de Machico
 

                                       Ponta de São Lourenço           Santana

 


O terceiro dia foi para conhecer o Funchal, onde não falta o que fazer. Passear pela Marina, andar de teleférico, ir ao mercado são algumas das actividades a não perder.

Passeio de teleférico                Mercado do Funchal
 

Os dois últimos dias foram para o verdadeiro descanso de férias. Um dia de praia em Porto Santo (duas horas de barco do Funchal) também vale a pena para trazer uma óptima recordação das férias.

                                                                Praia de Porto Santo

 



publicado por JoanaTorrado às 10:11
link do post | comentar | ver comentários (15) | partilhar

Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

Uma viagem a Peniche permite uma passagem até à ilha da Berlenga.

O único meio de transporte é o barco e convém que o mar esteja “chão”, para que a bordo não haja ninguém a enjoar.

Há medida que nos vamos afastando da costa entramos no mar alto, um pouco turbulento que me fez ficar nauseada, apesar da bonita paisagem que nos rodeava. Um bando de gaivotas acompanhou-nos durante todo o percurso, era uma manhã de Setembro, de céu azul e sol resplandecente.

Cerca de hora e meia depois chegámos a uma pequena ilha rochosa de tons rosados. Da baía que acolhe o barco avistamos uma encosta que abriga uma dezena de casinhas de pescadores, um pequeno albergue e logo ao lado um parque de campismo.


   

Iniciámos a visita à ilha subindo até ao farol acompanhadas de perto por bandos de gaivotas, uma vez que por aquelas bandas são uma constante. Apesar de simpática, esta ave está neste momento em reprodução controlada, para isso retiram os seus ovos dos ninhos, evitando assim que causem danos na pouca flora ali existente.

Já do topo avistamos o mar azul profundo e retomamos a caminhada até ao Forte de São João Baptista, que hoje em dia é apenas uma casa-abrigo gerida pela Associação dos Amigos das Berlengas.

Os nossos companheiros de viagem tinham preparado para nós uma bela sardinhada com saladinha e broa. Humm, a comidinha portuguesa é boa .

De seguida e porque o dia tem que ser bem aproveitado, nada melhor que um passeio de lancha por entre a grutas e rodeados do mar azul-turquesa. Acreditem, esta é mesmo a cor do mar que rodeia a ilha das Berlengas, tão transparente como o das Caraíbas! Convida mesmo a um  bom mergulho.

Ao longo deste percurso exterior, num pequeno bote a motor como apenas cinco lugares circundámos a ilha enquanto o dono do barco nos ia descrevendo as formas das rochas. Desde pássaros, elefantes a perfis de homens tudo se pode imaginar. Isto fez-me lembrar quando olhava para as nuvens e via nelas verdadeiras imagens.

   

O dia foi passando devagar numa agradável descoberta de mais um bonito local para se visitar em Portugal. (Esta foi bonita, até rimou!)

Já ao final da tarde é tempo de regressar, calmamente embarcamos, tomamos os nossos lugares e faço o que me dizem, fecho os olhos e vou direitinha para não me sentir a balançar.

A surpresa acontece até nestes pequenos lugares, gostei de lá ir e estou a recomendar!

 

Que me dizem?

 


sinto-me: inspirada

publicado por JoanaTorrado às 00:45
link do post | comentar | ver comentários (11) | partilhar


mais sobre mim

Para questões relacionadas com o Blog: Enviar email


visitante(s) em linha
pesquisar
 
posts recentes

Evento a não perder

Caminho de Santiago

Sou DE Pombal

Madeira

Berlengas

arquivos

Maio 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Maio 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Junho 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds