Sábado, 24 de Outubro de 2009

Fui à Eurodisney a primeira vez em 1999, era eu ainda uma criança que andava pela primeira de vez de avião e ir à Eurodisney era o mais fantástico que me podia acontecer naquela idade! Fui com a família, ficámos no Hotel Cheyenne onde tudo parecia uma verdadeira história de desenhos animados. Fomos na altura do Natal e estava tanto frio e tanta gente nas filas, que 3 dias foram poucos para ver e andar em todos os divertimentos.

 

Agora com mais uns aninhos voltei lá com uma companhia igualmente especial! Durante a estadia em Paris e já com os bilhetes comprados em Portugal, através do site, para evitar filas, lá fomos nós. Saímos do centro de Paris apanhámos o metro e depois o comboio. Depois de dias de calor em Paris naquele começou a chover logo de manhã. A chuva não foi problema para aproveitar o dia. Apesar de termos que gastar uma pipa de massa para comprar uns resguardos amarelos, para nos protegermos da água que de tempos em tempos teimava em cair… fica aqui o conselho número 1, levar sempre resguardos para a chuva já de Portugal, nunca se sabe como vai estar o tempo!

 

Fomos buscar o mapa daquela pequena cidade e começamos a incursão…

 

Casa fantasma, montanha russa dos mineiros ” Big Thunder Mountain”… foi aqui que começaram as filas, até que percebemos que havia pessoas que estavam numa fila que andava mais rápido, mas como se vai por ali? Como podemos ter acesso a menos tempo de espera? Perguntámos e eis a primeira inovação descoberta depois deste anos todos. Fast pass!

 

   

 

Em alguns dos divertimentos com tempos de espera superiores ao normal estão disponíveis algumas máquinas que permitem, com o bilhete de entrada no parque, seja marcada a hora de acesso. Podem ser marcados no máximo 2 em simultâneo mas, assim a gestão do tempo é muito mais fácil de fazer, marcamos uns e vamos àqueles que têm filas menores e assim num dia conseguimos visitar tudo e ainda repetir os que mais gostámos.

 

A grande maioria vale a pena, há para todos os gostos e idades, com ou sem adrenalina. "A Space Mountain" é uma experiencia única mas, uma vez cá fora não tive muita vontade de repetir, a Big Thunder Mountain é bastante engraçada, de onde saiem as melhores caretas nas fotografias, é pena que mesmo com fast past ainda se tenha que esperar, a dos Piratas é muito engraçada, a do “Indiana Jones” tem adrenalina, o “Small World” vale mesmo a pena pelo passeio agradável que se faz entre países, o "Buzz Lightyear Laser Blast"é verdadeiramente divertido e tivemos vontade de repetir para aumentar as pontuações. Os filmes também valem a pena,  o maior " barrete" foi o Piter pan, esperámos e não tem nada de especial, este sim é apenas para crianças.

 

     

 

É um dia stressante no bom sentido, pois queremos aproveitar ao máximo, vale mesmo a pena e ao contrário do que algumas pessoas pensam não são só as crianças que gostam e aproveitam! É giro ver personalizadas as personagens dos desenhos animados no desfile que há todas as tardes, ou que se vão vendo a passear pelo parque e com as quais se podem tirar fotos.

 

 

É divertido e recomendável! Agora a para a próxima venha a “Walt Disney World”, quem sabe em breve ;)

 

 



publicado por JoanaTorrado às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (13) | partilhar


mais sobre mim

Para questões relacionadas com o Blog: Enviar email


visitante(s) em linha
pesquisar
 
posts recentes

Eurodisney

arquivos

Maio 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Maio 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Junho 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds