Quinta-feira, 18 de Agosto de 2011

Apesar de já em tempos ter prometido falar de algumas cidades europeias, agora ando virada para os Estados Unidos e uma vez que as lembranças estão fresquinhas será o tema dos meus próximos posts. Sim, leram posts...vou escrever vários e não abandonar o blog no primeiro.

 

Vou referir alguns pontos interessantes para quem se queira aventurar por este país, desde já com a referência ao quão extraordinário o país é para passear!

É um país enorme e com cidades fantásticas para conhecer, o difícil é escolher por onde começar :). Dos Estados Unidos há muito mais para além de Nova Iorque, é um sítio obrigatório sim mas, há algumas cidades americanas que nos permitem conhecer melhor a cultura.

 

Percebi conhecendo este país o porquê das pessoas fazerem turismo lá dentro, há mesmo muita diversidade de sítios. A oferta vai desde as cidades onde estão os headquarters das grandes empresas, onde estão as grandes zonas comerciais, os grandes museus, às cidades do divertimento, da praia ou até mesmo onde se situam as melhores estâncias de ski. Não são cidades com uma imensa história como encontramos na Europa mas onde se pode conhecer um bocadinho de tudo.

 

Nunca descorando a Europa, que gosto mesmo muito para viver e passear, passo um bocadinho a minha perspectiva que os EUA não são só cidades grandes, confusas e perigosas. Há um bocadinho de tudo mas, há também qualidade de vida para quem vive e visita.

 

Dicas interessantes:

 

É fácil organizar uma viagem para lá e não é necessário, de todo, recorrer a agência, que segundo preços que vi é uma opção bem mais cara. Recomendo:

 

 

  • Pesquisar preços de hotéis no booking, sou fã, a oferta é boa. Mas não deixem de comparar com outros, por exemplo, às vezes a expedia ou logitravel tem pacotes voo+hotel que podem compensar. Na escolha do alojamento e tendo em conta que as cidades americanas são grandes, acaba por compensar um hotel central ou que tenha seguramente um transporte acessível para o centro

 

  • Pesquisem sempre sobre o que fazer e como chegar aos sítios. É essencial o meio de transporte do aeroporto às cidades. Normalmente há sempre transportes acessíveis mas, tipicamente sendo os aeroportos distantes dos centros vejam todas as opções e respectivos preços.

 

  • Pesquisem sobre o que fazer na cidade e levem isso já programado, com as zonas a visitar a cada dia. Apesar de haver sempre muita informação sobre as cidades, eu gosto de passar pela wikipédia e wikitravel que, por vezes apresentam roteiros das cidades. Ah, e podem passar por este blog também, que vou escrever sobre os sítios onde passei :) 

 

  • Sítios onde comer é o mais fácil de encontrar nos Estados Unidos. Vão encontrar cidades com zonas comerciais onde porta sim porta sim há um restaurante, principalmente de fast food. Não se come só fast food mas é a oferta mais acessível , nesta área há de tudo e muitos deles já começam a ter ofertas mais saudáveis como saladas e sopas. É um tema sensível porque a oferta de calorias é abundante. Mas há sempre a hipótese de passar num supermercado e comprar uma frutinha para quem gosta

 

  • Os preços dependem claro do que se compra.. há para todos os gostos, comida fast food é barata, os restantes são tipicamente mais caros e os transportes também. Alugar carro é mais barato que na europa e abastecer também. Nas compras vale a pena o material electrónico e a roupa, tudo o que sejam marcas americanas a diferença é do euro para o dólar, compensa

 

Espero com estas dicas ajudar os turistas a disfrutarem ao máximo das suas viagens.

 

Podem esperar em breve posts sobre as cidades americanas!!



publicado por JoanaTorrado às 14:50
link do post | comentar | ver comentários (7) | partilhar

Domingo, 10 de Fevereiro de 2008
Há uns tempos atrás iniciei uma nova rubrica neste blog, a de dicas.

As dicas podem ser óbvias, mas podem também tornar-se muito úteis, principalmente para quem viaja esporadicamente ou inicia o seu rol de viagens.

Hoje decidi escrever aqui sobre os documentos e dinheiro a transportar numa saída do País.

Os documentos a levar dependem do destino.
Se vamos para a União Europeia basta que levemos o B.I. como elemento de identificação. Se o destino é fora da U.E. é imprescindível o passaporte. Este é tirado em qualquer Governo Civil, se estiverem mais próximos de uma Loja do Cidadão o tempo de espera pode ser inferior (não necessariamente ). Aqui estão as moradas.

Para tirar o passaporte apenas é preciso que seja o próprio e que se faça acompanhar pelo B.I., as fotos já não são necessárias uma vez que são fotos digitais tiradas no momento. A demora depende do tipo de pedido escolhido, se rápido ou normal o que fará variar o preço a pagar.

Se já se tem passaporte nunca esquecer verificar a data de validade. Pode haver problemas complicados se o passaporte não estiver válido.

O visto é obrigatório para a entrada em vários países. Este pedido é feito ao próprio país que emite (ou não) a autorização. Normalmente é a Agência de Viagens que trata do processo.

Quanto ao dinheiro, este deve ir sobre a forma de cartão de crédito e numerário. O VISA e MasterCard são aceites em todo o mundo, o que pode facilitar os pagamentos. É necessário ter em conta que os câmbios são efectuados pelo Banco na altura do pagamento e a taxa pode não ser a mais favorável.
O numerário é sempre preciso para pequenos pagamentos onde não seja aceite o cartão. Antigamente  dólar era a moeda de troca melhor aceite, hoje podem levar-se euros que também já se trocam em qualquer país. É uma questão de analisar qual será mais viável na altura da viagem.

Antes de trocar e caso haja essa oportunidade, é importante ver bem qual é o local com uma taxa de câmbio melhor. Estas podem variar muito na mesma localidade.

Relativamente ao dinheiro transportado há uma regra que aprendi, não por ter passado por alguma situação indesejável, mas para a evitar: não ter o dinheiro todo junto. Ter em várias bolsas diferentes, quando se sai do hotel levar só o necessário e deixar o restante no cofre... ter algum cuidado nunca é demais, principalmente num país que não é o nosso.

Aqui ficam as dicas de hoje :)



publicado por JoanaTorrado às 21:25
link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2008
Encontrei algo muito engraçado aqui que gostava de partilhar. Antes da próxima viagem, que já vem a caminho do blog, é importante deixar bem claros os mandamentos do viajante.


   1. Não esperarás encontrar as coisas como se estivesses em casa, pois deixas a tua casa para encontrar coisas diferentes.

   2. Não te acharás superior aos nativos que encontras pois eles, podendo ser financeiramente mais pobres do que tu, têm muita riqueza para te transmitir. Aprende a reconhecê-la e regressarás mais rico.

   3. Ousarás sempre experimentar o que não conheces pois as melhores memórias de viagem que trarás são as dessas empolgantes peripécias.

   4. Não esquecerás de levar metade das coisas que pensas necessitar e o dobro do dinheiro.

   5. Não esquecerás em qualquer momento onde está o teu passaporte por que um viajante sem passaporte é uma pessoa sem país.

   6. Não encararás com demasiada seriedade aquilo que te causa estranheza por que um espírito liberto e tolerante é o ponto de partida para umas boas férias.

   7. Não te deixarás enervar pelos outros viajantes por que o teu único propósito é o de pagares bom dinheiro para teres umas boas férias. Lembra-te sempre que poucas coisas são fatais.

   8. Não julgarás as pessoas dos outros países pela pessoa que uma vez te quis mal.

   9. Não te darás muito o aspecto de turista - quando em Roma procura parecer como os romanos e assim evitarás dissabores.

  10. Não esquecerás de te aplicar com arte durante a tua visita por que aquele que trata o seu anfitrião com respeito e cortesia será sempre recebido como um hóspede bem vindo.



publicado por JoanaTorrado às 18:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007
Como já introduzo no primeiro post de dicas e sugestões, aqui irá prevalecer a minha opinião de como programar uma viagem, esperando por isso ajudar quem pensa viajar e ver as sugestões de quem lê.

Hoje as dicas serão mais especificamente para quem quer viajar para a Europa.

Como organizar a viagem?
Depende (fácil de responder, eheh ).

Se vai para cidades europeias, o meu conselho é que se vá apenas com voo e hotel comprado, por norma sai mais barato.
As capitais europeias são, na sua maioria, dotadas de transportes públicos acessíveis a qualquer um, de informações exaustivas sobre os roteiros turísticos e para além disso cada um pode definir exactamente o que quer fazer e em que tempos.
Nada melhor que agarrar num mapa e num guia de papel e ver o que existe numa determinada cidade, a partir dai é só conhecer.

Neste ponto o planeamento da viagem é parte essencial, deve-se procurar tudo a respeito do destino, mapa da cidade, mapas dos transportes públicos, preços, locais de interesse com respectivas localizações e indicações de transportes perto e muito importante, perceber como chegar ao hotel a partir do aeroporto. Para além disso, devem verificar-se também horários e dias de encerramentos dos museus ou monumentos a visitar , é meio caminho andado para que o tempo não seja desperdiçado mas sim bem aproveitado.

Por norma todas estas informações encontram-se através de uma série de pesquisas na Internet.

As embaixadas são também um bom meio de informação, se pedirem conteúdos sobre o país de destino à respectiva embaixada, daqui enviarão uma série de informações importantes.

Que Hotel escolher?
De preferência mais central, devido à proximidade dos transportes públicos e facilidade de conhecer parte da cidade a pé. Por vezes compensa pagar um pouco mais por um Hotel que fica no centro da cidade, facilitando a visita de pontos turísticos , do que longe que para ir a algum lado se paga o transporte.

Onde procurar os voos?
Locais não faltam, mesmo para quem não gosta de fazer transacções pela Internet convém que antes de se ir para uma agência de viagens se tenha noção do que se quer e dos preços praticados por norma. Há muitas agências de viagens, onde uma viagem, varia muito em termos de preço.
Na Internet há alguns sites para pesquisa de voos que por vezes têm preços acessíveis , variam também consoante a antecedência de reserva e da época do ano.

Sem ter qualquer patrocínio refiro alguns de sites onde gosto de pesquisar:

http://www.edreams.pt
http://www.vueling.com
http:// www.rumbo.es
http://www.editravel.pt
http://web31.terminala.com
http://www.easyjet.com/PT/
http://www.ryanair.com/site/PT/

Apenas para voos low cost encontrei este blog com informação útil .

Onde comer?
Para não gastar muito dinheiro há sempre a possibilidade de ir com uma mochilinha, recheada de alguns alimentos que vão apetecendo: fruta, bolachas, pão de forma para umas sandes, entre outras coisas possíveis de transportar.
Depois com cuidado na procura encontram-se locais baratinhos, que sejam fast food ou pequenos restaurantes não tão centrais e turísticos .
Como a alimentação de cada país é algo agradável de conhecer e faz parte da viagem, há sempre locais típicos nos roteiros turísticos, onde se apreciam as iguarias locais.

Boas viagens!!



publicado por JoanaTorrado às 21:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Terça-feira, 13 de Novembro de 2007
Desde hoje e sempre que tiver oportunidade irei actualizar esta nova secção no Blog, "Dicas e Sugestões".

Antes de qualquer viagem há sempre vários pontos a ter em consideração. A maioria das vezes acredito que o local já esteja pensando, no entanto mesmo assim avanço com os aspectos que considero pertinentes (com certeza terei a minha mãe ou irmã a dizer-me esqueceste-te disto e daquilo, etc " mas acho que já aprendi bem:
  • Para onde ir?
  • Em que época do ano ir?
  • Onde procurar informações?
  • Ir em grupo com roteiro definido ou comprar tudo em separado?
  • Onde comprar a viagem?
  • O que levar na mala de viagem?
  • Que documentos e/ou vacinas são necessárias?
  • etc .. (esta é a secção da minha mãe e irmã, lol)
Ora bem, todas estas respostas são relativas e não têm apenas uma resposta como é óbvio. Nos próximos posts irei dar a minha opinião enquanto viajante e espero conhecer a opinião dos leitores.

Quanto melhor estivermos informados e prevenidos relativamente ao roteiro e caracteristicas culturais de cada país melhor corre a viagem.

Na parte das sugestões, como o nome indica, irei sugerir destinos, dando exemplos de roteiros já definidos.




publicado por JoanaTorrado às 18:05
link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar


mais sobre mim

Para questões relacionadas com o Blog: Enviar email


visitante(s) em linha
pesquisar
 
posts recentes

Estados Unidos da América

Dicas

Mandamentos do Viajante

Viagens por cidades europ...

Secção de Dicas e Sugestõ...

arquivos

Maio 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Maio 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Junho 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds